texto

"Inespiração"

00:28Huiolla Ribeiro


Ok, ok, essa palavra não existe na língua portuguesa - ou em qualquer outra língua - mas eu ando sofrendo dessa doença de falta de inspiração. Ai, como isso é horrível! É frustrante de mais ter papel em caneta em mãos e não saber o que fazer, sobre o que falar, o que falar, ou por onde começar. O mesmo acontece quando clico em "criar uma nova postagem" aqui no blog, as ideias ficam brancas, invisíveis. Olho pro teclado, posiciono os dedos sobre as teclas, clico em uma letra ou outra pra ver se sai alguma coisa, e só consigo apertar "Backspace" e nenhum "Enter".

Sei que "inespiração" (Acabei de adicionar ao dicionário do computador a palavra "inespiração" isso é o máximo!) acontece com qualquer blogueiro, ou melhor, acontece com qualquer pessoa do planeta, e quem passa por isso sabe como é chato, a gente se sente sem lugar, eu particularmente fico meio angustiada, afobada, ainda não achei a palavra certa pra definir como se sinto, começo a fuçar a dashboard do meu tumblr e a visitar meus blogs favoritos, e é bem ai que entra a depressão, o Tumblr é cheio de textos e frases lindas e perfeitas, super criativos, tocantes, as vezes engraçados ou românticos, apelativos, preciso continuar? E os blogs, você começa a passar as páginas e pensa: "Poxa, será que sou só eu passo por esses surtos?" Não minha cara, não é só você que passa por esses surtos.


Enfim, como estou no meio de um desses surtos de "inespiração", tive algumas idéias que funcionam. 

  1. Ouça músicas. Gosto de ouvir músicas e procurar pela tradução delas, quando só a melodia não é o suficiente é legal procurar o que tem por trás. Então ligue o Ipode, dê o play nas música do computador ou dê uma olhada no YouTube ou no Vagalume, e não se esqueça de pegar papel e caneta ou deixar aberto o bloco de notas pra não deixar a inspiração passar.

  2. Mantenha por perto um bloquinho de papel pra anotar ideias avulsas. Li uma vez que temos mais idéias quando estamos naquele momento de reflexão antes de dormir, a Taylor Swift acredita tanto nisso que até dorme com um bloquinho e lápis na cabeceira da cama. Ela nunca decepcionou quanto as letras de suas músicas, então acho o conselho válido.

  3. Assista filmes e séries. Sempre rolam momentos românticos, malucos ou medonhos  na vida dos personagens dos filmes e das séries e eles sempre bolam uma forma super criativa pra sair de furadas, ou de ganhar o cara popular ou de se livrar/desmascarar do monstro mal, então, porque não se inspirar nessas histórias e desfechos?

  4. Leia livros. Depois que li "A Culpa é das Estrelas" do John Green (tem o download do livro aqui no blog), me entreguei a essa teoria de que livros inspiram, porque é verdade, amei o livro, aprendi muito com ele, e aprendi até a ser alguém melhor, dar valor a vida. Fora que, lendo você lê melhor, escreve melhor, e pode se inspirar nas histórias dos livros para escrever as suas próprias.

  5. Procure por pessoas, situações e momentos que já te inspiraram antes. Vasculhe sua mente. Pense no que te agrada, no que te faz bem, no que te deixa feliz ou triste, use seu cotidiano e sua vida para se inspirar.

  6. Use suas emoções. Todo mundo escreve e tem ideias bem melhores quando estão com as emoções afloradas. Feliz, apaixonada, com raiva, triste, não importa, use isso a seu favor, coloque suas emoções no papel, além de ter um resultado ótimo você ainda ganha desabafando e aliviando a mente.
E por fim, nada de desespero! Quando a inspiração faltar no serviço, relaxe. Coloque uma música, feche os olhos, viaje! Deixe os ventos da inspiração cheguem até você! 

You Might Also Like

0 comentários

Educação é tudo.

Popular Posts

Tumblr

Formulário de contato