featured livro

Resenha // Azul da Cor do Mar - Marina Carvalho

17:06Huiolla Ribeiro



"ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão."


A história começa em 2001 em Iriri - ES quando Rafaela tinha apenas onze anos. Foi nesta cidade, durante as férias na casa da avó, que rafa se apaixonou por um par de olhos azuis, uma mochila xadrez e um mar de mistérios que era o garoto da praia dos namorados do qual só viu o rosto uma única vez. No entanto, isso não a impediu de desejar o garoto pelos dez anos seguintes,  por isso, ela passou a escrever em uma espécie de diário, cartas direcionadas ao garoto da mochila xadrez. Sua ligação com esse menino é tão forte que durante todos esses anos, ela jamais conseguiu se apaixonar de verdade.

Hoje Rafaela Vilas Boas tem 21 anos,e está no ultimo semestre da faculdade de Jornalismo da PUC de Belo Horizonte ela é a caçula de três irmãos: Ricardo, Augusto e Gustavo. Se tratando de seu jeito de ser, Rafa é um desastre! Vive trombando e tropeçando em tudo e em todos, por conta de seu jeito descoordenado vai parar até no hospital diversas vezes. Mas no que diz respeito a sua carreira, ela é totalmente o oposto. Responsável, dedicada e muito interessada em se dar bem na carreira de Jornalismo. Não foi atoa que conseguiu um estágio no jornal Folha de Minas, um conceituado jornal do seu estado e o terceiro maior do Brasil.

No meio de tanta empolgação, o que ela não poderia esperar era que seu mentor fosse nada mais, nada menos que uma cria de satanás! Bernardo Venturini é um jornalista investigativo premiado, inteligente e diga-se de passagem, muito bonito, com olhos lindos e azuis, mas sua beleza era totalmente ofuscada por sua antipatia, arrogância e... é.... Como dizer isso delicadamente? Ódio mortal por Rafa. Porque? Não sabemos. Apesar de Bernardo não gostar nem um pouco da ideia de trabalhar em equipe e de ser "babá de estagiaria", não teve jeito, já que a ordem veio do editor chefe do jornal.

Desde seu primeiro dia no estágio, Rafaela e Bernardo passavam o dia inteiro se alfinetando. Porém, depois passarem árduos meses um na presença do outro, conseguindo entrevistas exclusivas e furos e indo parar em hospitais com tornozelos torcidos e desmaios - graças ao desastres cometidos por Rafa -, a jornalista vai descobrir que não é ódio que sente pelo impertinente Bernardo. A Cria de Satanás, por sua vez, vai começar a ter atitudes estranhamente sentimentais para com ela. Mas será possível que uma relação de ódio, possa ser transformar em amor? Pois é exatamente essa dúvida que está matando a Rafa. Por mais que ela odeie Bernardo e suas atitudes irritantes, ficar longe dele só a deixa deprimida, e faz com que o tempo não passe. Suas melhores amigas já sacaram isso, mas Rafa não admite que sinta outra coisa por Bernardo além de ódio e desprezo.




O que mais me chamou atenção neste livro foi primeiramente, o fato da história se passar em Belo Horizonte, minha terra, é muito legal ler um livro e encontrar lugares que você mesmo(a) já visitou. Neste livro, por exemplo, a Rafa estuda na PUC Minas, mora no Gutierrez, vai ao parque Guanabara, Igrejinha da Pampulha, Mineirão... Fora que a autora, Marina Carvalho, também é mineirissima! Uhuul!

Como futura jornalista (amém), quando descobri que a personagem principal cursa jornalismo, trabalha num jornal e ama escrever (dã), me empolguei completamente com o livro. Daí vi que os trechos de abertura dos capitulos eram pequenas dicas de redação, retirados do Manual de Redação do Jornal Folha de S. Paulo, e soube naquele momento que estava apaixonada. Pelo livro, claro.

Por fim, devo dizer a vocês que a escrita da Marina é muito divertida e também muito leve, você consegue se identificar com a Rafa e seus tropeços, e ainda provavelmente já deve ter vivido situações parecidas com as que ela vive na historia. Você lê o livro, sentindo tudo o que os personagens sentem, e rola de ri com os acontecimentos ao longo da história, e fica impossível parar de ler. Li tudinho em dois dias.

Autor : Marina Carvalho.Editora: Novo Conceito
Selo : Novas Páginas
ISBN: 9788581633732
Ano: 2014
Páginas: 334

You Might Also Like

2 comentários

  1. Já li a respeito do livro, e tô doida pra ler! Quero muito saber a história da Rafa, e esse romancezinho clichê (os meus favoritos, sempre! hehe). ♥
    totalmenteanta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um amoooooooooooooooooooor esse livro! Pode ler que vai amar Dani <3

      Excluir

Educação é tudo.

Popular Posts

Tumblr

Formulário de contato