dezembro featured

Sobre Dezembro e Recomeços

12:49Huiolla Ribeiro


Sempre gostei de pensar que não existe fim, apenas milhares e milhares de recomeços, acho que é por isso que sempre tive dificuldade em criar finais para as minhas historias.

É só no fim que as coisas se resolvem, é só no fim que o herói fica com a donzela, que se encontra a luz no fim do túnel, a resposta pra aquela pergunta, que se pega o vilão, que a bomba é finalmente desarmada, que o refém é libertado e que o doente acorda do coma. É só no fim que a policia e os bombeiros aparecem, é só no fim que o beijo apaixonado acontece (principalmente quando se trata de filmes da Disney), e que chegamos ao tão esperado "felizes para sempre".

É por isso que definitivamente não gosto de finais. A gente passa a vida inteira esperando por eles, mas a verdade é que o que a gente realmente quer não é o fim, mas o que nos leva até ele. Queremos o desfecho, a resolução dos problemas, o encontro com o príncipe encantado no cavalo branco. A prisão do vilão, a recompensa por ter chegado até ali... Não o fim em si, não o ponto final no fim do livro, não o fechar das cortinas, não o ultimo suspiro que precede a morte ou o fim do mundo. Queremos aquela parte onde todo mundo chora e ri, se abraça se beija e se ama,.Onde levantamos as taças, para  ver os fogos, pulamos as sete ondas e fazemos pedidos e promessas que jamais iremos cumprir. Queremos todo o drama do fim, sem o fim. Porque o fim é trágico de mais.

Por isso pensar no fim como uma pausa longa e dramática, como um recomeço deixam as coisas mais simples e também mais leves. Fáceis. E o que antes aconteceria no fim, acontece no decorrer da história, ou até mesmo ali, logo no início. Você pode pensar nisso como um livro infinito, onde todo "final" vem seguido por uma nova página em branco, onde a continuação da história está ali, apenas esperando, pronta para ser escrita. Porque o mundo é um amontoado de lógicas ridículas sem pé nem cabeça das quais a sua unica função é te fazer perder tempo e adiar o que você pode fazer agora mesmo. Quer dizer, você não precisa esperar o dia 31 de dezembro pra pular as sete ondinhas, estourar champanhe, fazer simpatias ou dizer pra fulana ou beltrano o que você sente por ele(a). Não precisa esperar o dia primeiro de janeiro para jogar fora coisas velhas e velhos hábitos ou começar uma vida nova. O que te impede de fazer isso agora mesmo? Ou daqui a meia hora ou a daqui cinco dias, ou quatro semanas ou então daqui seis meses? Você pode começar ou recomeçar ou ainda finalizar quando bem entender, sem precisar seguir nenhuma ordem cronológica.

Nunca gostei de terminar as coisas, deve ser por isso que odeio tanto últimos parágrafos, letras miúdas que que passam rápido no fim do filme, e o mês de dezembro e tudo o mais que vem com ele. A sensação de vazio, as despedidas, a contagem regressiva, as luzes e a musica de natal, isso me joga numa poça funda de melancolia, daquelas em que você pisa e molha a perna inteira e parte da alma. E me dá um nó na garganta que parece que jamais irá se desfazer. Acho que a gente se apega de mais aos inícios, aos meios, onde a memoria guarda lava e passa com tanto amor o que nos mantém vivo. E aí fica difícil quando as coisas chegam ao fim.

Melhor clicar no "RESTART".








You Might Also Like

4 comentários

  1. Que lindo texto. Também não gosto de fins e nem mesmo sei se acredito que eles existam. Sou mais do tipo que prefere a aventura vivida durante a história. Desde pequenas, somos instigadas a sonhar com o final feliz. Eu aprendi a ser feliz durante a jornada. O mundo seria melhor se as pessoas pensassem como você.
    Um beijo enorme

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também prefiro pensar como você. Muito obrigada Lary, de verdade! Beijo grande!

      Excluir
  2. Que texto lindo!! Muito inspirador, amei
    Eu me indentifiquei com você no texto, nunca penso que vai ter fim, somente recomeços!! Pena que não são todos que pensam assim né?..
    Beijinhos,Mundo Da Laís

    ResponderExcluir
  3. Eu aqui de novo! Vim te avisar que indiquei você em um post do meu blog, ficaria feliz se desse uma passada por lá ♥
    Beijinhos,Mundo Da Laís

    ResponderExcluir

Educação é tudo.

Popular Posts

Tumblr

Formulário de contato